Menu

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Sistemas de Transporte para o Hospital do Cacau estão sendo criteriosamente definidos em Ilhéus.

07 DEZ 2017
07 de Dezembro de 2017
Amanhã, sexta-feira (8), uma reunião entre representantes da Prefeitura e das empresas concessionárias do transporte público de Ilhéus, definirá quais linhas urbanas atenderão ao Hospital Regional Costa do Cacau, no Banco da Vitória, a partir da sua inauguração, dia 15.

A nova unidade hospitalar é de abrangência regional, destinado ao atendimento de média e alta complexidade, em diversas especialidades. O acesso à unidade deverá ser realizado, primordialmente, a partir de unidades municipais de menor complexidade da região sul, incluindo Itabuna, com um público estimado em 1,5 milhão de pessoas beneficiadas.

Com essa abrangência a Prefeitura de Ilhéus considera fundamental um eficiente sistema de transporte para atender a demanda.

Para além dos ônibus, toda a frota de taxi da praça existente no Hospital Regional Luiz Viana Filho, no bairro da Conquista, também será transferida para o estacionamento do novo hospital, segundo informações da Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), órgão ligado à secretaria municipal e Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra). São 12 veículos.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, já discute com engenheiros de trânsito de Curitiba – cidade-referência nacional em mobilidade urbana – a integração temporal do sistema e a criação de uma estação de transbordo.

A ideia é de que o cidadão ou cidadã que necessite de um atendimento no novo hospital, não necessite pagar mais de uma passagem para chegar com rapidez ao Banco da Vitória, bairro onde o novo hospital está instalado. “A intenção é diminuir o custo e agilizar o curso, o trajeto”, sentencia. O novo sistema está previsto para entrar em atividade já em 2018.t
Voltar


Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.